11 setembro 2013

Um Homem de Sorte - Nicholas Sparks - Editora Novo Conceito


Após ter terminado de ler o livro Cidade das Almas Perdidas da autora Cassandra Clare, comecei a ler o livro Um Homem de Sorte do autor Nicholas Sparks. Confesso que quando o comprei na livraria foi por acaso, pois estava na fila e vi um pequeno livro de bolso com a capa bonita. Li o que estava atrás e resolvi comprar, já que o preço estava em conta.Penso que a sorte estava ao meu favor.

Eu nunca tinha aberto um livro do Nicholas Sparks, tanto que acabei me confundindo um pouco no começo da leitura, até entender que o livro é dividido em partes, sendo cada uma delas narrada de acordo com os pensamentos de alguns personagens.

Ainda não terminei de ler o livro, mas até o final dessa semana estarei aqui dizendo se gostei ou não do desfecho da história. E também espero assistir o filme, que por sinal é contracenado pelo famoso ator Zac Efron.

“Mas não estava em outra época e lugar, e nada daquilo era normal. Trazia a fotografia dela consigo há mais de cinco anos. Atravessou o país por ela.” 

“Era estranho pensar nas reviravoltas que a vida de um homem pode dar.
Até um ano atrás, Thibault teria pulado de alegria diante da oportunidade de passar um fim de semana ao lado de Amy e suas amigas. Provavelmente, era exatamente isso de que precisava, mas quando elas o deixaram na entrada da cidade de Hampton, com o calor da tarde de agosto em seu ápice, ele acenou para elas, sentindo-se estranhamente aliviado. Colocar uma carapuça de normalidade havia-o deixado exausto.
Depois de sair do Colorado, há cinco meses, ele não havia passado mais do que algumas horas sozinho com alguém por livre e espontânea vontade.
(...) 

"Imaginava ter caminhado mais de 30 quilômetros por dia, embora não tivesse feito um registro formal do tempo e das distâncias percorridas. Esse não era o objetivo da viagem. Imaginava que algumas pessoas acreditavam que ele viajava para esquecer as lembranças do mundo que havia deixado para trás, o que dava à viagem uma conotação poética. prazer de caminhar.
Estavam todos errados. Ele gostava de caminhar e tinha um destino para chegar."

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Começando o Projeto Fall Season do Banco de Séries com o seriado Greenhouse Academy

Sabe quando bate aquela insônia e você procura o que fazer pela internet? Pois é, resolvi participar de uma maratona de seriados propos...