21 agosto 2014

Entrevista com o atleta Português Ricardo Silva


Estava reparando no quanto o Ricardo Silva se dedica aos treinos e o convidei para responder algumas perguntas sobre o esporte e também sobre sua vida pessoal. Tenho que admitir que me surpreendi com as respostas e que ele ganhou mais pontos no meu conceito. Enfim, vamos falar um pouco dele!

O Ricardo tem 24 anos, mora em Aveiro, Portugal , ama musculação e é dono de um belo corpo. Nos conhecemos pelo instagram e ele sempre é divulgado na minha página @GarotosEGatasFit. Confiram as perguntas e suas respostas abaixo!

Quando começou a se interessar pela musculação?

Desde miúdo. Joguei futebol 12 anos, sempre tive uma grande paixão pelo corpo e definição muscular. Quando realmente encontrei a musculação, nunca mais quis parar. Já lá vão 6 anos de treino.


Você se considera vaidoso?

Sim, um pouco. Faz parte! sermos vaidosos(controladamente) significa que gostamos de nós próprios, que queremos o melhor e que gostamos de ser bem vistos, perante o olhar dos outros. A musculação contribuiu também um pouco para isso, uma vez que a imagem hoje em dia tem tanta importância.

Quantos cachorros você tem? Como é a sua convivência com eles?

Tenho 2 labradores. Eles são como pessoas para mim, o amor é mútuo, são como se fossem dois filhos para mim. Estão sempre ao meu lado, quando treino por vezes na minha garagem.


Por qual razão resolveu ter uma academia na garagem de casa? Saiu muito caro pra você?

Foi juntar o útil ao agradável. Embora a musculação seja um hobbie para mim, é um hobbie levado a sério. Não gosto de deixar treinos por fazer, então tendo um mini-ginásio em casa, soluciona o meu problema. Sim ainda saiu um pouco caro, os pesos e as barras ainda custam um bom dinheiro. Mas não estou arrependido, dou-lhes bastante uso.


Me fala um pouco como é a sua alimentação. Se alimenta quantas vezes ao dia? O que mais gosta de comer? Seguir dieta é complicado pra você?

A minha alimentação, é adequada aos meus objectivos, tenho um certo número de calorias para ingerir todos os dias, e tento focar-me nelas. Sempre atinjo os macro-nutrientes necessários para o dia a dia. Não tenho um número certo de refeições, mas anda em torno de 4 a 5. O importante é no final do dia ter ingerido o que precisava. A minha refeição preferida é sem dúvida um bom bife de vaca grelhado com bastante arroz =D

Qual é a parte do corpo que você mais gosta e porquê?

Pernas, é sem dúvida o grupo muscular mais difícil de desenvolver, antes era um ponto fraco no meu corpo, hoje em dia é um ponto forte, dedicação não tem limites.


Está solteiro?

Sim, de momento sim.

Com o quê você trabalha e qual é a sua formação profissional?

Eu trabalho na Nestlé Portugal, sou operador polivalente na área de nutrição infantil.


Você acha que a simetria do corpo é importante? Se dedica tanto nos treinos de pernas como de membros superiores?

Sem dúvida simetria é a chave. Podes ter um tronco bem trabalhado, mas se as pernas forem fracas, todo esse trabalho foi em vão, pois o teu corpo vai ficar feio. Por isso prefiro ser mais pequeno um bocado, mas ter um corpo proporcionalmente e simetricamente equilibrado.

Já veio ao Brasil?

Não. Mas sem dúvida que terei de ir aí durante a minha vida, é um país maravilhoso.

Qual é o seu passa tempo favorito?

Essa é fácil. Treinar hehe


Quais dicas você daria pra quem está começando a musculação?

As minhas dicas seriam as seguintes. Trabalhar arduamente, alimentar-se corretamente, pois sem dieta nenhum corpo cresce. Dar importância aos exercícios compostos, pois são eles as suas bases, são eles que trabalham mais músculos ao mesmo tempo, e se o teu objectivo é crescer, tem de fazer o que mais músculos trabalha. Dar igualmente importância ao descanso, é aí que os teus músculos crescem. Essencialmente dar tempo ao tempo, nenhum corpo se constrói de um dia para o outro, há que manter o foco. Estamos juntos =)

Gostaram da matéria? Se sim, acompanhem o instagram do Ricardo Silva e também  minhas página @GarotosEGatasFit

Nenhum comentário:

Postagem em destaque

Começando o Projeto Fall Season do Banco de Séries com o seriado Greenhouse Academy

Sabe quando bate aquela insônia e você procura o que fazer pela internet? Pois é, resolvi participar de uma maratona de seriados propos...